Governador apresenta potenciais de Sergipe para atrair Indústria de Reciclagem para Capela

Investimento de R$ 6 milhões vai possibilitar a geração de mais de 400 empregos diretos na região

Sergipe pode receber, já nos próximos meses, a primeira planta de reciclagem de resíduos industriais do estado. Em reunião realizada nesta terça-feira, 4, o governador Fábio Mitidieri discutiu com os executivos da Relimpp Serviços Industriais, empresa com sede na Bahia, os detalhes do pré-projeto e as possibilidades de parcerias do Estado para atrair o novo investimento.

A expectativa da empresa é investir cerca de R$ 6 milhões na nova unidade e gerar 400 empregos diretos, no município de Capela e região. “Temos acompanhado o desenvolvimento de Sergipe, os primeiros meses desta gestão, e estamos muito interessados em nos somarmos como parceiros na expansão do segmento de petróleo e gás natural. Com as descobertas das reservas de gás, Sergipe deve atrair inúmeras indústrias, e esse cenário é o que nos atrai”, explica a representante da Relimpp Serviços, a engenheira Maria Veronica Macedo.

De acordo com ela, a escolha de Capela para instalação do empreendimento deve-se, sobretudo, à posição estratégica do município dentro do complexo portuário do estado. “Para instalação da planta, vamos precisar de uma área de 12 mil m2, e acreditamos que Capela pode ser o local ideal, tendo em vista a distância para o porto e para termelétrica, assim como a possibilidade de instalação de mais indústrias e empresas na região”, acrescenta a engenheira.

O governador Fábio Mitidieri apresentou aos executivos o Plano Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), falou das expectativas da gestão e da própria população com este momento econômico que o gás promete ao estado, e garantiu empenho para consolidar o novo investimento.

“Temos trabalhado ininterruptamente para atrair parceiros investidores e, com isso, gerar receitas e oportunizar empregos em nosso estado. Sergipe vive um momento histórico e nunca foi tão oportuno investir em nosso estado como agora. Temos trabalhado para baixar tributos e criar um ambiente altamente favorável para novos investidores. Esperamos que este novo empreendimento se confirme e que ajude a atrair novas indústrias e negócios para o nosso estado”, destacou Mitidieri.

Com uma central em funcionamento na cidade de Pojuca, na Bahia, a Relimpp atua há 13 anos no mercado de reciclagem, com diversos prêmios e certificações obtidas. A companhia é especializada em troca de catalisador, hidrojateamento, limpeza a vácuo, transporte e gerenciamento de resíduos perigosos, locação de equipamentos e facilities.

Reunião Grupo Eneva

Também nesta terça, o governador se reuniu com executivos do Grupo Eneva, uma das maiores operadoras integradas de energia do país. No encontro, foram apresentadas as ações de investimento da companhia destinadas ao desenvolvimento do Hub Sergipe de gás natural, por meio das Centrais Elétricas de Sergipe Participações S.A (Celsepar).

Atualmente, a Eneva opera 12 campos de gás natural nas Bacias do Parnaíba (MA) e Amazonas (AM) e é detentora da maior área sob concessão exploratória onshore no Brasil, com mais de 63 mil km².

Adquirida pela Eneva por R$ 6,7 bilhões, em outubro de 2022, a Celse, localizada na Barra dos Coqueiros, é considerada a maior aquisição da história da companhia. A termelétrica possui capacidade de 1,6 GW, sendo uma das maiores plantas a gás em funcionamento da América Latina.

Na reunião, Fábio realçou o interesse do Governo de Sergipe de fortalecer, ainda mais, a parceria com a Eneva, visando a expansão econômica e tecnológica do estado, destacando-o como referência na exploração e comercialização do gás natural.

“Estamos à disposição para ouvir, conversar e estreitar, ainda mais, a relação com vocês. O Governo de Sergipe é um braço amigo. É prioridade nossa trabalhar para promover desenvolvimento”, disse Fábio.

O gerente de Relações Institucionais da Eneva, Rômulo Florentino, reafirmou o comprometimento da empresa, em longo prazo, com o desenvolvimento econômico do estado de Sergipe.

“Queremos desenvolver o hub de gás natural para atender a região como um todo. Apresentamos o empreendimento ao governador, firmando nosso compromisso em construir algo ainda maior daquilo que já temos hoje, mas isso perpassa pelo fomento das potencialidades energéticas do estado no offshore, nosso acesso, que já está em construção, à malha de gasodutos e de transporte da TAG que está passando perto do complexo. Fomos atraídos para o estado de Sergipe por conta de uma das melhores regulações do país na área de gás natural e, com esse ambiente propício para o desenvolvimento de negócios, conseguiremos fazer novos projetos ficarem de pé. Por isso estamos muito felizes de estarmos aqui”.

Participaram da reunião a Relações Institucionais da Eneva no Nordeste, Regina França; o diretor de Relações Externas, Damian Popollo; e o gerente de Relações Institucionais, Rômulo Florentino, além de secretários de Estado e diretores executivos.

Última atualização: 5 de abril de 2023 19:43.

Pular para o conteúdo