Governo de Sergipe e MME debatem desafios do setor de óleo e gás na Mesa REATE

Com participação de instituições federais, estaduais, empresas e governança, evento acontece no dia 15 de dezembro com transmissão pelo YouTube

Articulando órgãos estaduais, federais, empresas e governança, acontece na próxima quarta-feira (15) a edição sergipana da Mesa REATE 2020. A programação visa estabelecer um fórum regional para condução de temas estruturantes da cadeia de petróleo e gás natural. O evento é uma realização do Ministério de Minas e Energia (MME) e da Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Governo Federal, com apoio e participação do Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe (SEBRAE/SE) também compõe a parceria.

Com início às 9h, o evento contará com a participação do governador do Estado, Belivaldo Chagas, e do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural (DEPG/MME) e a Petrobras também integram a programação, que será transmitida no canal Sebrae Sergipe, no YouTube.

“A Mesa REATE é uma ação do Ministério de Minas e Energia executada juntamente aos Estados, que tem a exploração de petróleo e gás onshore como seu foco principal. É um momento de as instituições alinharem discursos e prestarem contas sobre as ações e metas ligadas ao setor, sempre com o intuito de superar os desafios e desenvolver um ambiente de negócios favorável”, afirma o secretário da Sedetec, José Augusto Carvalho.

Após a contextualização do atual panorama do segmento no estado, a programação prossegue com a apresentação de respostas aos desafios regionais. O momento consiste na exibição de propostas de trabalho elaboradas por diferentes entidades – entre as quais a Sedetec, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), o Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e a Sergas, entre outras – como forma de atender às demandas de nove temas estratégicos. Entre os temas, destacam-se Bens e Serviços, Logística, Mercado e Regulação.

Mesa REATE

O Programa de Revitalização da Atividade de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (REATE 2020) é uma Política Nacional de fomento a atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural em áreas terrestres no Brasil, de modo a propiciar o desenvolvimento regional e estimular a competitividade nacional. A partir da conclusão das atividades do Comitê Executivo do REATE 2020, com a publicação dos relatórios finais, foi instituída a promoção de fóruns estaduais, intitulados Mesa REATE.

Até o momento, já foram realizadas cinco edições da Mesa REATE, nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Espírito Santo, Alagoas e Amazonas. O REATE 2020 prevê o potencial de produção de óleo e gás em, pelo menos, outros nove estados da Federação, sendo eles Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Piauí e Santa Catarina.

Última atualização: 10 de dezembro de 2021 11:44.

Pular para o conteúdo