IPTI lança segunda temporada da série infantil “Um Pé de Banana Nanica”

As duas temporadas encontram-se no canal do seriado no YouTube

O Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI), entidade vinculada ao Governo de Sergipe por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), lançou no início deste mês a segunda temporada da série infantil “Um Pé de Banana Nanica”. O trabalho audiovisual faz parte do LiLo (Lógica e Linguagem), projeto que ao longo dos últimos dois anos vem apresentando elementos da matemática para crianças de forma lúdica e inovadora.

O objetivo principal do LiLo é facilitar o processo de aprendizagem de matemática para crianças em período de alfabetização. “O desejo da equipe é construir uma metodologia inovadora de ensino de matemática, buscando usar as competências que toda criança tem desde que nasce, e inserindo os conteúdos da matemática de uma maneira que evite que ela se torne o grande bicho papão da maioria dos alunos”, diz o co-fundador do IPTI, Saulo Barreto.

O instituto pretende integrar a metodologia criada pelo LiLo com o Synapse para que a versão do ano de 2022 já incorpore todo o conhecimento e ferramentas desenvolvidas pelo projeto. O Synapse consiste em uma tecnologia social voltada à promoção da qualidade do ensino e aprendizado de português e matemática no ciclo de alfabetização nas escolas públicas brasileiras, que vem sendo desenvolvida e aprimorada desde 2010.

A série “Um Pé de Banana Nanica” conta a história do menino Mané e seus amigos, que utilizam algarismos, formas geométricas, frações e outras noções matemáticas para brincar e superar os desafios cotidianos. Para assistir aos 13 episódios na íntegra, basta acessar o site www.youtube.com e digitar o nome da série na barra de pesquisas.

Sobre o IPTI

O Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI) é uma instituição de arte, ciência e tecnologia, sem fins lucrativos, que busca gerar inovações capazes de promover o desenvolvimento humano, a partir da criação de tecnologias sociais nas áreas de educação básica, educação empreendedora e saúde básica.

Última atualização: 30 de junho de 2021 10:20.

Pular para o conteúdo