Sedetec participa de evento voltado para a indústria de petróleo e gás em Alagoas

O encontro, um dos maiores do segmento, reuniu os principais nomes do mercado e agentes públicos

Sempre atentos ao setor de petróleo e gás do país, gestores da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) participam, esta semana, do Onshore Week, em Maceió (AL). O secretário da Sedetec, Valmor Barbosa, e o secretário executivo da pasta, Marcelo Menezes, acompanharam todo o evento, que contou também com a participação do governador Fábio Mitidieri e do senador por Sergipe Laércio Oliveira, em sua abertura. O encontro promovido pela Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip) reúne os principais nomes do mercado de petróleo e gás no Brasil e agentes públicos, e ocorre até a quinta-feira, 13.

Durante o evento, o secretário-executivo da Sedetec, Marcelo Menezes, foi um dos painelistas convidados e, na ocasião, expôs sobre o tema ‘Gás Natural: Flexibilidade X Inflexibilidade’, com a moderadora Larissa Dantas da 3R Petroleum; Sylvie d’Apote, do IBP; Yanna Prade, da Eneva; e Myllana Cabral, da Firjan. “A indústria brasileira do gás se encontra em meio a um grande processo de transformação e Sergipe vem se preparando para potencializar sua oferta de gás natural com avanço na área, atraindo empresas e investidores”, enfatizou Marcelo.

A diretora-geral da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip), Karine Fragoso, que é a responsável pelo evento, diz que o setor está estimulado pela implantação de tecnologias focadas na extensão da vida útil dos campos, essencial para aumentar a produção, mas também pelo horizonte de novas possibilidades que pesquisadores e tomadores de decisão podem trazer para agregar mais valor às riquezas mapeadas. “Durante o evento, compartilhamos as perspectivas quanto ao papel do onshore na transição para uma economia de baixo carbono, trazer experiências internacionais para aprimorar o mercado, estimular a qualificação profissional por meio do desenvolvimento de novas competências e habilidades para o setor”, explicou Karine.

Sergipe em destaque

Durante a participação, Sergipe teve destaque com as perspectivas de produção do Projeto Sergipe Águas Profundas da Petrobras, que será responsável por cerca de 20% de todo o gás natural disponível no Brasil nos próximos anos. “O gás representa para nós uma imensa janela de oportunidades. Estar aqui é defender o desenvolvimento sustentável da população sergipana, pois sabemos que essa janela vai se refletir em desenvolvimento para nossa população, em mais empregos, renda e arrecadação para o nosso povo. Essa é uma grande preocupação que nós temos e o Governo de Sergipe seguirá firme e empenhado em garantir que o potencial energético sergipano seja usufruído ao máximo e da melhor forma”, disse Fábio Mitidieri, durante a abertura.

O objetivo do evento é debater sobre a contextualização do onshore, reunindo painéis sobre produção, perspectivas do encadeamento produtivo e integração onshore–offshore; transição energética e gás a partir do onshore; gás como combustível de desenvolvimento econômico; gás flexível e inflexível; estocagem subterrânea; investimento em infraestrutura, segurança regulatória e energia para reindustrialização. Na programação constaram também rodadas de negócios promovidas entre os representantes dos demandantes e dos fornecedores, criando uma agenda de encontros e troca de experiências.

“Debater e trocar experiências sobre o rumo do petróleo e do gás no Brasil é de grande valia para Sergipe que está em ascensão e em constante evolução. Na Onshore Week, tivemos a oportunidade de interagir com palestrantes de todo Brasil sobre a temática e, buscar mecanismos que auxiliem na atração de novas indústrias para Sergipe ligadas à área do petróleo e gás natural e, consequentemente, oportunizar a geração de emprego e renda”, frisou Valmor. 

Valmor Barbosa destacou ainda que aproveitou o Onshore Week para falar com representantes do setor sobre o Sergipe Day, evento que será realizado pelo Governo do Estado, no dia 25 de abril, na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp). 

Sobre a Onshore Week

A Onshore Week conta com o apoio institucional da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás (ABPIP), do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), da Federação de Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), do Sebrae local, da Prefeitura de Pilar e do Governo de Alagoas.

Última atualização: 2 de maio de 2023 11:51.

Pular para o conteúdo