Gas Week 2024 destaca Sergipe no mercado de gás natural brasileiro

A semana contou com debates entre produtores, planejadores e reguladores de gás no Brasil

Reconhecido nacionalmente como um dos protagonistas no setor energético brasileiro, o estado de Sergipe marcou presença na Gas Week, semana dedicada para discussões sobre o mercado de gás natural no país. Realizado pela agência epbr, empresa de comunicação especializada no setor energético, o evento aconteceu de 15 a 18 de abril em formato híbrido, com debates presenciais e online, através do YouTube da epbr. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) participou da programação.

Ao longo do evento, produtores, planejadores e reguladores de gás no Brasil debateram sobre o cenário do mercado de gás natural no país, além de desafios e perspectivas de médio e longo prazo com o futuro aumento da oferta de gás natural em território brasileiro, com destaque para Sergipe. Por meio do projeto Sergipe Águas Profundas (Seap), Sergipe será responsável por um grande volume de produção de gás nacional com capacidade de produção de 18 milhões de metros cúbicos de gás por dia, quando o sistema estiver em operação.

Marcando presença no 3° painel do evento na quinta-feira, 18, o secretário-executivo da Sedetec, Marcelo Menezes, participou do seminário presencial realizado no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília. Com a temática ‘Políticas públicas para o gás no país’, o painel debateu o desenvolvimento de políticas públicas para aumentar a oferta de gás natural no Brasil, melhorando seu aproveitamento e retorno social e incluindo como combustível para a transição energética.

“Tivemos a oportunidade de fazer uma avaliação dos avanços no mercado de gás natural em decorrência da nova lei do gás e dos entraves ainda existentes para promover um avanço maior no processo. Destacamos a importância do aumento da produção nacional de gás natural e a desconcentração do mercado como forma de estimular a concorrência e a redução do preço ao consumidor, necessário para o desenvolvimento da indústria e geração de empregos”, disse o secretário-executivo Marcelo Menezes.

Potencialidades

Dentro da programação, o Hub Sergipe foi destaque na apresentação do diretor Comercial e de Novos Negócios da Eneva, Marcelo Lopes. A unidade da empresa está localizada na Barra dos Coqueiros e conta com uma usina movida a gás natural, com capacidade de geração de 1,6 GW de energia, cerca de 15% da demanda de energia da região Nordeste. Além disso, o Hub conta também com uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação de Gás Natural (FSRU) com capacidade de regaseificação de 21 MMm³.

Com a construção da conexão do Hub Sergipe à malha nacional de gasodutos da TAG, a Eneva vislumbra várias oportunidades e, por isso, lançou a Mesa de Gás Natural da Eneva. “A principal oportunidade é a comercialização de gás na malha integrada, com flexibilidade e capacidade de estocagem para armazenar GNL de outros distribuidores. Outra oportunidade é o compartilhamento do terminal com outros players. E, por fim, temos também a oportunidade de ampliar o parque termelétrico do estado”, destacou Marcelo Lopes.

Última atualização: 19 de abril de 2024 11:16.

Pular para o conteúdo