2 de abril de 2019, 11:13

Governo deve destinar R$ 15 milhões para a Ciência, Tecnologia e Inovação de Sergipe em 2019


Graças aos esforços do governo de Sergipe, R$ 15 milhões devem ser destinados para a Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) do estado em 2019. Desses, R$ 5,8 milhões contemplarão bolsas, auxílio e pesquisas da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec). Os recursos são do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec), que envolverá 14 ações estratégicas da CT&I em Sergipe.

Tudo isso foi aprovado na última reunião do Conselho Estadual da Ciência e Tecnologia (Concit), que aconteceu nesta semana e reuniu conselheiros das secretarias e órgãos envolvidos no tema: Secretarias de Agricultura; do Desenvolvimento Urbano; além do Instituto Tecnológico e Pesquisas de Sergipe (ITPS); universidades Federal e Tiradentes; Instituto Federal de Sergipe (IFS); Embrapa; Fies e Fapitec.

De acordo com secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec), José Augusto Carvalho, no ano de 2018, R$13.658.870,00 foram destinados para a C&T em Sergipe. Para 2019, com o aumento de recursos, haverá muito mais benefícios para essa que é uma das áreas mais importantes para o desenvolvimento econômico do estado.

“O nosso objetivo é atender as demandas relacionadas à ciência, tecnologia e inovação do estado, principalmente, proporcionando recursos para bolsistas que desenvolvem pesquisas e descobertas positivas para nossa sociedade. Acreditamos que para que haja um bom desenvolvimento econômico em Sergipe, é preciso traçar estratégias financeiras e aplicá-las da melhor forma possível”, declara o gestor.

Conselho Estadual da Ciência e Tecnologia

O Conselho Estadual da Ciência e Tecnologia é regulamentado pela Lei de número 5.772 de 12 de dezembro de 2005 e executa anualmente o plano de aplicação de recursos previstos para o Funtec. A Sedetec é autorizada a movimentar o orçamento no cumprimento dos projetos e atividades aprovadas pelo Conselho, em atendimento a sua respectiva lei. Além disso, a pasta também é autorizada a promover todos os atos necessários para fiel execução do plano anual.