Sergipe avança no debate sobre Plano de Transição Energética

Gestores da Fapitec e Sedetec reuniram-se com empresa do ramo ambiental e energético

Em continuidade às tratativas relacionadas ao Plano de Transição Energética para Sergipe, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica (Fapitec/SE) realizaram nesta sexta-feira, 3, uma reunião com a Ambipar Group, empresa especializada em serviços e produtos completos voltados à gestão ambiental. A agenda faz parte do esforço do Estado em encontrar parceiros que viabilizem um modelo de desenvolvimento econômico, inovador e com forte impacto social, de forma consciente e sustentável.

Atuando em mais 40 países e com mais 400 plantas no Brasil, o grupo empresarial tem a missão de promover a transmissão ecológica, investindo em projetos de descarbonização, economia circular, transição energética e regeneração ambiental. Dessa forma, a empresa dialoga com a expectativa que o Estado possui em construir um projeto pautado em políticas públicas de qualidade, assegurando um futuro promissor para a população sergipana.

Segundo o presidente da Fapitec, Alex Garcez, a empresa Ambipar é muito preparada em vários segmentos voltados para o meio ambiente, e o encontro teve o propósito de debater a criação do Plano Estadual de Transição Energética. “A empresa está preparando um projeto técnico para ser apresentado ao secretário da Sedetec, Valmor Barbosa, para avaliação dentro do escopo técnico contendo período de atuação e prazo de entrega”, informa.

“Estamos empenhados em formular um plano sólido, capaz de assegurar um modelo de transição energética sustentável para o estado de Sergipe. Nesse sentido, demos início às discussões e já recebemos valiosas contribuições para esse propósito”, declara o diretor da Assessoria de Planejamento da Sedetec, Maurício Nascimento.

A reunião foi mais uma etapa de desenvolvimento do Plano que está sendo construído em conjunto com outras instituições, além da Sedetec e Fapitec, como a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Ações Climáticas (Semac), o Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS). “São parceiros que também estão empenhados em buscar alternativas energéticas inovadoras e ecologicamente responsáveis”, pontua o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Valmor Barbosa.

Última atualização: 7 de maio de 2024 12:47.

Pular para o conteúdo