Sergipe participa de reunião do Consórcio Nordeste em Brasília

Secretário da Sedetec e secretário-executivo da Serese participaram do encontro, que teve o intuito de debater medidas estratégicas mediante o contexto energético da região

Com o objetivo de discutir oportunidades de desenvolvimento para a região Nordeste, frente às transformações decorrentes da transição energética global, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Valmor Barbosa, representou o governador Fábio Mitidieri em mais uma reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste. A reunião ocorreu nesta quarta-feira, 26, no Palácio do Planalto, em Brasília, e foi realizada após envio de uma Carta Pleito pelo Consórcio Nordeste ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, em defesa do desenvolvimento da região. O secretário-executivo da Secretaria Especial de Representação de Sergipe em Brasília (Serese), Luciano Filho, também acompanhou a agenda.

Com o tema ‘Desenvolvimento Econômico – Perspectivas e Desafios da Região Nordeste’, o encontro reuniu diversos agentes do setor e representantes dos estados da região para discutir a criação de um Plano de Desenvolvimento da Indústria Verde no Nordeste, integrado a um Plano Nacional do Hidrogênio Verde e outras medidas estratégicas no contexto de transição energética. 

Em seu discurso, o secretário Valmor Barbosa destacou que o Nordeste tem dado uma grande contribuição para o Brasil na geração de energias renováveis, sendo elas solar ou eólica, possibilitando um avanço no plano de transição energética, inclusive na produção de hidrogênio verde. Além disso, o secretário contextualizou o cenário atual do âmbito energético no estado. 

“Com o desinvestimento da Petrobras em Sergipe, houve uma retração em toda cadeia do petróleo e gás, diminuindo emprego e renda nos municípios que têm essa vocação. Neste momento, com a retomada dos campos terrestres pela empresa Camo Energy, e a partir de 2028, com o Projeto offshore Sergipe Águas Profundas, o estado terá quase 20% do gás natural produzido hoje no Brasil. É uma verdadeira redenção para o estado de Sergipe”, frisou. 

O gestor destacou ainda a necessidade de encontrar um caminho para resolver o problema das fábricas do Grupo Unigel em Sergipe e na da Bahia, que se encontram paradas pelo preço abusivo do gás. “Sobre o tema, os ministros Alckmin, da Indústria e Comércio, e Alexandre Silveira, do Ministério de Minas e Energia, destacaram que têm se empenhado bastante para encontrar uma saída para a situação o mais breve possível”, completou Valmor Barbosa.

Para o secretário-executivo da Serese, Luciano Filho, Sergipe esteve muito bem representado na reunião do Consórcio Nordeste. “O secretário Valmor trouxe para os ministros presentes as principais demandas do estado. O desenvolvimento econômico de Sergipe é prioridade do governador Fábio e o Consórcio Nordeste é um grande aliado nessa pauta, pois somos estados com realidades econômicas e sociais semelhantes”, pontuou.

Consórcio Nordeste

O Consórcio Nordeste tem o compromisso de apoiar o desenvolvimento do país, sensibilizando os agentes políticos da posição estratégica do Nordeste para a transformação energética como instrumento para o desenvolvimento e minimização das desigualdades regionais do país.

Presenças

O evento contou com a presença do vice-presidente da república e ministro da Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin; do ministro da Casa Civil, Rui Costa; do ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias; e do ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góis.

Última atualização: 28 de julho de 2023 08:43.

Pular para o conteúdo